O diário de um imortal

Loading...

domingo, 19 de junho de 2011

cap11- Perfeito !

Sandra 5 minutos após ter se sentado ,levantou e se dirigiu até o motorista do ônibus , e pediu a ele que a avisasse assim que chegassem ao centro de vitória . Apos uns vinte minutos de uma viajem não muito cômoda devido ao chacoalhar exagerado do ônibus, o motorista do ônibus gritou :
- Ei , menina .Aqui já é o centro . Aonde você quer ficar ?
-Próximo ponto por favor.
Sandra desceu do ônibus e sem muita pressa começou a andar pelo centro em busca de uma casa de moveis ,mas preocupada em não esquecer o endereço da nova casa , o qual havia lido e decorado antes de tomar ônibus. Depois de procurar achou uma casa que vendia somente moveis de estilos rústicos . Ela entrou por curiosidade e gostou muito dos moveis que viu. Foi atendida por um vendedor com um semblante inexpressivo . Comprou um armário de casal ,e uma escrivaninha grande com quatro gavetas, pagou a conta com o cartão de crédito e saiu em busca de uma loja de roupas. Sandra voltou para casa de ônibus e com muitas sacolas nas mãos. Quando chegou na porta de casa percebeu que não havia levado as chaves de casa. Imediatamente lembrou de como Guilherme tinha pulado aquele enorme portão na noite anterior e como Rafael ficou nervoso com isso. Sandra decidiu esperar na calçada. Esperou por dez minutos quando Pedro ,Guilherme e Felipe chegaram juntos em casa. Sandra Perguntou por Rafael , mas Guilherme disse que ele ficou na faculdade acertando problemas com a sua inscrição em alguma matérias. Sandra e os três rapazes estavam na sala quando Rafael chegou carregando entre os dedos  cinco garrafas de cerveja. Ele estendeu os braços na direção de Pedro , Felipe , Guilherme e Sandra respectivamente. Ela Franzindo O cenho perguntou :
- Oque é isso ?
-Sangue. Respondeu Rafael com uma naturalidade chocante .
-Não sei se já estou preparada para isso . Disse Sandra comum semblante assustado.
-Espera aí. Se você estava na faculdade aonde você arranjou esse sangue ?
Os rapazes menos Rafael engoliram em seco.
-Talvez você não acredite mas ...
-A muito tempo nos já queríamos vir para vitória, aqui vivia um psicopata que matava crianças e bebia seu Sangue . O maluco queria ser um de nós. Esse é o sangue dele. Eu resolvi meus problemas na faculdade em menos de cinco minutos e saí logo para fazer essa surpresa a vocês.
-Sandra ! Só beba quando estiver preparada para isso. Disse Felipe amavelmente.
- Mas enquanto você se prepara ... Saluto! Gritou Pedro erguendo a garrafa.
-Saluto. Responderam todos erguendo a garrafa e beberam o sangue, todos ao mesmo tempo.
Sandra vendo a naturalidade de todos criou coragem e experimentou .
Era delicioso ! Quente na medida certa , amargo como um chocolate preparado com muito cacau. Tinha uma textura diferente de qualquer outra que já havia experimentado , não era ralo como água mas não era viscoso leite de magnésia. Era perfeito ! Era um êxtase gastronômico! Era perfeito ! Fechando os olhos era como a sensação de atingir um orgasmo. Não existia outro adjetivo para aquele sabor senão... PERFEITO !